Dicas e Notícias

Dicas para começar a correr

Se você é daqueles que sentem muita vontade de iniciar a corrida como esporte e pensam até em, quem sabe, disputar maratonas e provas de rua, chegou a sua vez!

Após você ser liberado por seu médico, para realizar atividades físicas que exigem alto esforço, a ABTS te dá algumas dicas para iniciar estes primeiros passos rumo ao perfil atleta!

Vale lembrar que, além de ser um esporte barato, é possível queimar muitas calorias em uma hora de treino. Além disso, a corrida melhora o fluxo sanguíneo nas artérias que ligam o coração - o que diminui o risco de cardiopatias.

E, também, ajuda a fortalecer o sistema imunológico e melhora o raciocínio e a memória, pois exige concentração. Então vamos às dicas:

- Procure ajuda profissional de um educador físico para orientá-lo sobre o treino mais adequado a você. 

- Escolha um calçado ideal: dor nas costas, nos joelhos e tornozelos pode ser sinal de tênis errado. É sempre bom procurar avaliação ténica de um profissional do esporte para saber qual o tênis mais indicado para a sua pisada, pois há marcas que fazem calçados diferenciados.

- Se você está sem praticar atividade física há mais de 3 meses, comece caminhando e alternando com pequenas corridas leves. O ideal é iniciar com 20 a 30 minutos de caminhada, de duas a três vezes na semana, em dias alternados, podendo este tempo ser fracionado em dois momentos do dia (15 minutos de manhã e 15 na parte da tarde, por exemplo).

- Após chegar ao estágio de corrida, você deve tomar cuidado quando for aumentando progressivamente o tempo em que permanece correndo. O indicado é que você aumente a duração do treino apenas quando conseguir correr confortavelmente, e em velocidade constante, pelo menos 60% deste tempo.

- Leve em conta seus limites. Se você teve uma noite mal dormida ou se excedeu no treino da semana, procure respeitar seu corpo e dê um descanso a ele. Assim, seu organismo consegue repor as energias e se recompor dos efeitos do cansaço e do excesso de desgaste.

- Monitore o coração. Faça acompanhamento médico com o cardiologista para melhor quantificar seus limites, pois cada um tem um comportamento particular em relação ao coração, de acordo com sua estrutura genética e hábitos de vida.

E se prepare para ter ainda mais disposição a cada treino, além de melhorar sua qualidade de vida, sua autoestima, a qualidade do seu sono e muitos mais benefícios que a prática de esportes, aliada à uma vida saudável e ordenada pode trazer.

Fonte: http://www.saudedica.com.br/as-20-dicas-para-quem-vai-comecar-a-correr/


Compartilhe